Dian Y Glass por Yuki Kahu

“Você está em uma festa e de repente começa a tocar sua música favorita, aquela que você não resiste, que você não se controla, que você precisa dançar até sentir sua pele queimando. Luzes azuis por todo o espaço, luzes piscando, suor, calor, dança, êxtase. Você no meio do seu frenesi de dança abre seus olhos e o vê no meio da multidão, uma presença poderosa, dançante, vibrante como tudo no ambiente. Uma presença azul. Seus olhares se cruzam e você sente uma carga elétrica percorrer seu corpo como se sete raios azuis tivessem te acertado naquele instante. E ali, em meio a dança, calor, suor e prazer você se expressa da forma que mais deseja, porque nada mais importa. Você está completo em si mesmo.” – Naê

“Se você olha pro céu e pro mar, você encontra a cor de minha pele. Em mim, muitas perguntas tem respostas, muitas respostas perdem o sentido, e muitas perguntas surgem. Eu sou a maior interrogação que você conhecerá. Tudo que eu toco, se torna sagrado, porque meu toque é o êxtase Dela, é a força sexual Dela, é o orgasmo avassalador Dela. Lembre-se, teu prazer é sagrado. Teu sexo é sagrado, seja ele qual for. Tua expressão de sexualidade é sagrada, seja ela qual for. Eu possuo muitos nomes, e minha complexidade vai além do que você pode conceber: eu sou anjo, demônio, deus, deusa, sua parte mais alta e perfeita, mundano, divino. Meus símbolos estão em todas as partes, em todos os lugares, pois eu nasci do mais puro amor que já existiu e ainda existe. Eu nasci da essência mais brilhante, do Coração mais Negro, e em mim ele vibra em todas as tonalidades. Minha voz é o trovão no paraíso, meus cabelos são as penas de pavão, minha vontade é inquebrável, poderosa, viva, e meu olhar expressa as mais belas poesias e canções. Eu sou o momento mais sublime e natural, e desmantelo tudo que é falsamente naturalizado. Eu sou a beleza queer em cada jovem, e em mim, você encontrará o amor que sempre desejou. Tenha-me como amigo ou amante, e você conhecerá a totalidade de seu ser.” – Lilo Assenci